Um semeador saiu a semear... (Mt 13.3)

Mateus 13.3

[ Evangelístico ]

Quantas mensagens sobre o texto acima, heim! São três “esses” que definem o assunto do céu à igreja. Definem também o ministério de cada crente - tanto em Jerusalém, como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra (At 1.8).


Quantas mensagens sobre o texto acima, heim! São três “esses” que definem o assunto do céu à igreja. Definem também o ministério de cada crente - tanto em Jerusalém, como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra (At 1.8). O que vejo de maior destaque nesta parábola de Jesus ao dizer Eis que um semeador saiu a semear? Claro que o Semeador é muito importante, é evidente! E também a Semente, é óbvio! Mas creio que o SAIR (a ação) é o segredo da missão. O Semeador que não SAI e a Semente não LEVADA, como ficará o IDE? Vejamos, então, a nossa grande responsabilidade na ação do Saiu a Semear: Aprender com Jesus a Amar. Pra Sair é necessário amar. Realmente não sabemos amar como nos é ordenado. Eu preciso aprender a amar. O que fazer? Orar, clamar, rogar e suplicar a Deus que aprendamos a amar os pecadores. Amar os perdidos é um milagre possível aos que se exercitam na Oração. Orar assim contenta o Céu! É suplicar a Deus que aprendamos com Jesus (Mt 11.29) o amor aos perdidos. Pelo Espírito Santo isso se fará! Conscientização da Ordem de Jesus. Pra Sair é necessário compaixão pelos perdidos. Sentir o drama dos condenados ao inferno. Certa feita perguntaram a George Muller: “Qual a razão do sucesso do seu ministério”? - De imediato Muller respondeu: George Muller ‘morreu’. Como disse Jesus, a sementinha tem que morrer para dar muitos frutos (Jo 12.24). “Missiólogos, teólogos poderão apresentar planos de ação impactante”, mas somente os crucificados com Cristo levam a mensagem poderosa de Vida Eterna! Semeadores são crucificados com Cristo para gerarem vidas. Todos Somos Testemunhas. Cada crente é um missionário. Além de ofertar pra missões, sustentando os que vão, cada crente deve evangelizar a sua “Jerusalém” - o “semeador urbano” - dando a razão da sua fé ou entregando folhetos. Aliás, sobre o ministério de folhetos, cito o pastor W. Rilei - fundador do Northwestern College, que disse: “Se perguntar à multidão dos remidos: ‘Como vocês conheceram a Cristo? ’, muitos deles responderão que foi por meio de um folheto do que por causa de um sermão de Spurgeon, Wesley, Whitefield ou do apóstolo Paulo’”. Todos nós já ouvimos falar em Hudson Taylor (fundador de Missões ao Interior da China), de John Bunyan (autor de O Peregrino) e de John Huss (grande reformador). Todos esses homens foram salvos por causa de um folheto (sic). Foram alcançados por “um semeador que SAIU a semear...” De fato, estamos no fim dos tempos, mas o IDE continua. O mundo perdeu a noção do que é uma eternidade sem Deus. “Tão nem aí” pro assunto. O diabo, com seus ardis e usando “finas iguarias do seu reino”, vai lotando o Abismo, zombando de Deus, derruindo valores e sorrateiramente introduzindo costumes apóstatas à sã doutrina, torpedeando o assunto de Deus à sua grei: MISSÕES! Sim, urge enviar Semeadores! Aqueles que se colocam diante de Deus para Saírem com a Semente, pois ainda, o “prazer de Deus pela Misericórdia”, agirá e haverá frutos, em “Jerusalém, Judeia e Samaria e até aos confins da terra”.

Autor: Pr. José Infante Júnior
Data: 05/10/2021
Fonte: O autor

[ visualizar todas Mensagens ]

E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz...

Romanos 10:15